Translate

31 de jan de 2009

Dias de inverno em mim...


De repente, não mais que de repente bate uma tristezinha no peito... é ela, A maldita crise!
E quando chega é assim, vem chegando, derrubando a gente, derrubando as certezas... Mesmo sabendo que é passageira, um reflexo da TPM talvez... é inevitável.
De uma hora pra outra as certezas se tornam dúvidas, as alegrias se tornam incertas, e o peito fica oprimido, o coração fica apertado...
Nessa hora, eu que sou bicho solto, quero mesmo é ficar recolhido no quente da minha toca, curando minha feridas, reabertas sabe-se lá porque.
Tem vezes em que o bicho quer mesmo é ficar contemplativo de si próprio e pôr os pensamentos em ordem...
Queria ficar deitada em baixo do meu edredom, quietinha, me esquecendo um pouquinho das decisões pra tomar... esquecendo as saudades, esquecendos as palavras, esquecendo que há resto do mundo.
Uma vez me disseram que quando fico assim, entro em um "buraco negro de sentimentos", e lá fico inacessível ao resto do mundo, é o momento mais eu comigo mesmo ( seja lá o que for isso...).
Não sei bem porque a gente fica assim, mas fica, e também sei que não é privilégio só meu, mas também é...

Bom, vou curar minha crise, deixar ir embora esse dolorido no peito.
Depois volto.


Amor à todos


Beijos na alma


Nenhum comentário: