Translate

31 de dez de 2010

Que venha o novo....



Esse ano chegou ao fim.
Que venha, pois, o novo.
O novo ano, a nova década... e com eles venham novas chances, novas alegrias.
Vamos aproveitar a noite de hoje para nos despedirmos, definitivamente, de velhas mágoas, antigas frustrações, conceitos e preconceitos desnecessários.
Vamos aproveitar que esse ano chegou ao fim e deixar com ele aquela parte de nós que não é tão boa, afinal.
Vamos deixar nele, nossas mesquinharias, nossos egoísmos, nossos sentimentos pequenos e banais, ou, ao menos, nossos pecados capitais.

Que com o ano novo nós possamos renovar tudo o que somos.
Mais que aprender, possamos praticar o perdão e utilizar, sem moderação, o respeito e a compreensão.
Vamos recomeçar de verdade.
Já dizia a musica " não da pra mudar o começo, mas da pra mudar o final!".

Eu ainda não fiz resoluções para o ano novo, mas de algum modo acho que essas resoluções ficam dentro de nós...
Entre perder 10 quilos, aprender outro idioma e fazer algum tipo de caridade, está o simples ato de ser feliz! Quero cuidar mais e melhor dos meus. Amar mais. Aproveitar os bons momentos. sorrir com alegria, quero proporcionar mais felicidade.

E com esse intuito, de coração aberto e de alma nua, quero novamente agradecer por tudo o que aprendi nesse último ano. Agradecer ( de novo) aos amigos verdadeiros que estiveram ao meu lado; ao meu amor que me amou como sou e de forma total, aos meus filhos que me amam de forma incondicional.
Quero agradecer, e lembrar que a partir de meia noite de hoje, temos (todos) 365 chances de sermos felizes!!!

Desejo a todos; amigos, família, leitores, aos que não me gostam, e aos que me odeiam, um feliz, muito feliz ano novo, com muita paz, muita alegria, muitas coisas boas e plenitude.

Amor à todos
Beijos azuis e dourados na alma!!!

28 de dez de 2010

Para você!! Declaro abertamente...



Quando olhei pra você, eu pensei "É um sonho!"
Me lembro do sorriso, do olhar tímido, da curva no queixo, das mãos que pareciam em excesso...
Mas eu precisava de um sonho. Todo o resto ia tão mal, eu caia em um dos mais profundos abismos de mim mesma.
Naquele momento o mundo inteiro parecia um sonho, e devagar o medo foi se transmutando em plenitude e esperança.
Sei que você tem duvidas, as mesmas que eu tenho! Sei dos seus medos, e do que aflige seu coração...
Vai levar um certo tempo, ainda, para que tudo ocupe somente seu devido lugar.
Quando falamos em sentimentos e emoções, falamos em paciência e em cuidado.
Fica mais fácil  quando há com quem contar. E estou aqui!!
Na vida, meu bem, a gente vive brigando para não provar nada para ninguém. Mas a verdade é que precisamos, como todo mundo, provar o que podemos ser e/ou fazer.
E muitas vezes ( e essas são as mais difíceis...), precisamos provar isso para nós mesmos.
É indizível os bons amigos que perdemos no caminho, as noites em claro, as feridas causadas e recebidas...
É uma condição de se viver.
E é aí que sentimos a necessidade do outro alguém.
Foi nesse ponto, que você entrou na minha vida!

A vida não tem roteiros, mas tece redes... e é nesse emaranhado que a gente se perde de vez em quando...
É nesse instante em que descobrimos a sutil diferença entre viver e deixar a vida passar.

Que bom ter encontrado você no meu jardim, feito bichinho assustado. Que bom cuidar de você assim. E que bom ter sido cuidada com essa sinceridade.
É nesse ponto que descobrimos, a importância de sentar-se em silêncio, lado a lado e acalentar com um beijo suave!
Tenho tanto a dizer...
Mas se puder ouça a musica do meu coração, ela foi feita para você!
De todas as palavras já ditas, talvez esse silêncio seja a maior de todas as minhas declarações.
Se estou zangada? Não, não estou!
Se há algo errado? Não não há.
O que há e saudades, e com essa distância física, há mais certezas de tudo que já foi dito.
Outro dia precisei confessar sentimentos aos anjos, em preces, sentimentos tão meus que doía guarda-los, e assim sentindo a ironia dos que não me ouviam, uma outra parte de mim acordou para si e para o mundo.
Essa parte é onde cabe tudo o que eu sinto por você, é onde esta a intensidade, a verdade, o anseio e o amor.
Essa parte te sabe em mim, agora basta te reencontrar, e me encontrar outra vez em você...

Saudades.

Amor à todos
Beijos na alma

24 de dez de 2010

Cartinha de Natal.




Querido Papai Noel, eu sei que você deve estar muito ocupado esse ano, então eu levei muito tempo pensando em todas as coisas pra não te dar mais trabalho ainda.
Eu me comportei bem o ano todo.
Sempre falei a verdade, Papai Noel. Em todas as situações.
Ta certo que algumas vezes não gostaram muito... e eu acabei me sentindo um pouco distante de tudo e de todos por ser sincera, mas mesmo assim não menti.
Eu também me esforcei muito Papai Noel, trabalho quase 12 horas por dia, todos os dias. Fiquei muito cansada, mas nem reclamei muito. Porque eu queria muito um trabalho que me desse fins de semana.
Sabe, Papai Noel, eu pensei em tudo o que eu queria ganhar, mas acho que o que eu realmente preciso ganhar, eu já tenho...

Eu fiquei pensando...
Eu poderia pedir bons amigos, mas Papai Noel, eu já tenho!
Tenho amigos sinceros e muito bons, que me dizem a verdade sempre, e que estão comigo em todos os momentos. Tenho amigos que me apoiam e me freiam, e que acima de tudo me amam do jeito que eu sou.
Eu poderia pedir pra ninguém me ferir mais... Mas, acontece que algumas feridas são necessárias para abrir nossos olhos e nos fazer engrandecer o espirito.
Também, pensei, que o senhor poderia me dar um amor incondicional... Mas , Papai Noel, eu tenho filhos... e quem me suporta nas crises de depressão e de euforia são eles. Não importa se meu cabelo esta desgrenhado, e eu estou com a unha por fazer há um mês. Eles me acham linda e perfeita. E quando eu tenho crises de choro convulsivos eles, simplesmente, se sentam ao meu lado e ficam comigo até a crise passar, logo, Papai Noel, o  maior amor que eu poderia ganhar eu já tenho.
Eu também cogitei uma família que fosse mais compreenssiva... Mas quando eu entro nos piores momentos sei que a minha família me estende a mão, e que mesmo não concordando comigo, com minhas escolhas, eles sempre vão me ajudar, mesmo quando eu não pedir ajuda. E isso, Velho Noel, é incrível!!
Eu poderia pedir um amor desses de novela, Papai Noel, mas esse amor  eu já tenho!! E é uma das melhores coisas que a vida me deu.  Meu Leão apareceu num momento desses difíceis da vida, e me salvou de um dos maiores abismos de mim mesma. E esse foi o maior acontecimento de que me lembro...

Sabe, Papai Noel, nesse clima natalino, eu fico meio pensativa em tudo o que aconteceu durante esse ano...
E não tenho muito o que pedir, por que as melhores coisas eu já tenho.
Então decidi só agradecer tudo o que eu já tenho!

É preciso ainda deixar lembranças e obrigadas para:

Anselmo, meu grande parceiro.
Eder, meu fiel escudeiro.
Valéria, minha doce fenix
Nathy Keyko, minha eterna gueixa.
Sheine, minha suave ilusão.
Thais Nieri, meu amado Zé Trovão.
Thais Stella, minha melhor parte.
Renata dos Anjos, minha maga malabares.

À familia peço perdão
Aos filhos, minha declaração de amor incondicional

Ao Leão... não há palavras para dizer tudo o que sinto...!!

E à todas as aves raras que me acompanham e pousam em meus sentimentos, meu eterno obrigada e meu carinho.

Beijos na Alma
Amor e mais amor
E um Natal cheio de luz!!!!!!

Beijos azuis e dourados

13 de dez de 2010

Noticiando



Raros, que saudade de escrever um pouco mais, aqui...
Muitas coisas estão acontecendo, vou fazer um resumo rápido...
O trabalho novo, é muito trabalho pra começar!!! Entro em um horário, mas saio só na hora que dá... muita coisa pra fazer o tempo todo, mas gosto desse dinamismo e fico feliz por não ficar ociosa.
Acho que sou meio hiperativa, e quando fico assim paradinha, já viu, o tédio cresce, e com ele vem a frustração...
Depois veio mamys...
Uma semaninha daquelas. Ela ficou internada, por causa da quimioterapia, teve um queda de imunidade.
Nem consigo descrever como foi uma semana difícil. Entre acordar cedo, passar o dia trabalhando, e a noite acordada no hospital... no máximo um cochilo mal dado em uma cadeira de plástico.
(Aliás, é preciso aqui abrir um adendo e agradecer ( SEMPRE) a Eliane, a Socorro que nos ajudaram a beça nessa semaninha difícil, e particularmente ao Leão, que sempre me compreende e me apoia.)
Enfim, essas coisas me fizeram ficar distante do mundo virtual.
Agradeço aos emails, de cobrança e de preocupação, e eis aqui a explicação.
Mas nessa semana complicada eu aprendi um pouco mais sobre vida e pessoas.
Passei a observar uma pessoa bem próxima de mim... e apesar de nossas desavenças e diferenças, preciso admitir que é difícil ser como ele tem sido!
Tenho observado meu pai!
Fiquei impressionada com a força e o cuidado dele com a minha mãe.
Meu pai é homem bruto, sem estudos, sem cultura... Tem generosidade no coração, mas pouca compreensão do outro, e por seus preconceitos nos afastamos muito. mas nesses dias passei a vê-lo com mais carinho que antes, sim, por que mesmo com nossas diferenças eu sempre o amei!
Quando minha mãe ficou doente, ele tinha minha irmã, e eu o tempo todo...
E sendo a ovelha negra da família, nunca recebi muita gratidão pelo que eu fazia, mas não fiz muita questão, afinal sentia que precisava fazer, e ponto!
Fazíamos tudo, nós três, depois minha irmã soube da sua gravidez e teve pequenos problemas no inicio, então, fazíamos tudo, nós dois.
Depois arrumei esse trabalho que passou a levar todo meu tempo, e ele ficou sozinho.
E foi aí que passei a ver um outro homem.
Agora ele limpa, lava, passa, cozinha e ainda cuida dela. Mas não apenas cuida, como se preocupa, como tem o cuidado de fazer todas as coisas pra vê-la bem e confortável.
O homem de gestos brutos, por sua própria essência, passou a ser mais delicado quando faz compressas nos braços cansados da esposa.
O homem de voz austera, passou a falar com calma, e mesmo com seu jeito de ser, aprendeu a ser carinhoso no tom de voz.
Meu pai nunca foi machista, ao contrario, sempre respeitou e admirou as mulheres. Agora, ele aprendeu também não só a valorizar a mulher pelo o que ela faz, mas pelo que ela representa.
Chego a me emocionar ao vê-lo com minha mãe. Ou mesmo quando me liga, porque ela não esta bem, vejo um homem assustado, pedindo apoio.
Nós não estamos tão próximos quanto antes... talvez isso nunca mais seja possível. Mas fiquei feliz ao observar esse lado.
Isso sim, é companheirismo!!!
Com isso vou reaprendendo o que é um casamento.
Com isso vejo respeito, vejo amor incondicional, vejo dedicação, vejo entrega.
Eu sempre fui a favor de casamento, e  mesmo o meu tendo acabado, continuei a acreditar que quando se ama mesmo, é possível viver bem e viver junto.
Eu me lembrei e fiquei muito feliz ao recordar, o que é uma amor de verdade! Recordei o significado da frase " na saúde e na doença "...

E que assim seja, para todos os que amam e buscam viver pra sempre com quem amam!!




Amor à todos
Beijos na alma.


PS: Mesmo demorando um pouco, prometo que volto sempre e sempre, pois nesse blog, o meu casamento é com meus sentimentos e com vocês, minhas aves raras.