Translate

21 de dez de 2009

Carta ao Leão






Na noite em que os meus sentimentos buscavam ser o mais pleno que pudessem, descobri você, Leão!!
Naquele dia, o Leão era um gato assustado de sentimentos, estava acuado, escondido de tudo o mais por sua própria dor. Você bem sabe da minha memória. Me lembro de cada detalhe.
Gosto de apreciar sentimentos. E observando por aí, encontrei uma infinidade deles... Já vi sentimentos garças, lebres, cobras... encontrei sentires gazelas, polvos, tubarões, rinocerontes...
Mas minha grande alegria foi encontrar o sentimento Leão!
Apesar de dolorido, meu adorado Leão, havia em você uma esperança guardada. Talvez fosse um grito de socorro abafado pela muralha que te escondia.
Mas eu ousei, eu ouvia o grito, tinha que ficar.
Você sabe, Leão, não sou boa em não saber das coisas, e sou pior ainda em não sentir... E não sentir Leão em mim, era dar chances a infelicidade.
A principio me compadeci, ate me entristeci; Tua tristeza era tamanha que baixava tua juba ao falar, e elevava a dor da tua alma.
Me lembro de uma noite em que, deixando-me encantar pelas tuas definições, Nando Reis contava insistente " Estranho seria se eu não me apaixonasse por você..."
Realmente, seria estranho...
Depois de tanto sentir e não sentir Leão em mim...
Nesse tempo, meu campo de observação se perdeu um pouco. E passei a viver um sentimento águia. Mas apesar do voou alto e quase perfeito, não fossem os apavorantes rasantes, eu nunca deixei de sentir você.
Ah, meu amado Leão, talvez eu tenha voado alto nas asas da águia por medo de acariciar tua juba pela nuca, e nunca mais poder deixar de sentir assim.
Enfim, a águia ganhou seu tempo de recolher-se, quebrar unhas e bico, arrancar as penas, renovar-se; e me soltou em um rasante quase mortal.
A minha maior sorte, presente dos deuses que agradeço todo dia, foi cair no único espaço em aberto na muralha que te cercava.
Confesso nesta carta, que muitas vezes eu te estranhei.
Afinal sentimento Leão é sentimento Rei! Seu rugido que deveria assustar a dor, apenas, e mal, afastava os que não tinham coragem de te conhecer.
Te estranhei acuado num canto do coração, uma vez que deveria ser a plenitude do ser.
Pois Leão é um dos maiores sentimentos.
Por sorte meu medo de não sentir nada, é muito maior do que o medo de sentir, e assim foi impossível aceitar que me evitasse.
Minha ânsia era dominar tua fúria, aprender teu rugido, pentear tua juba, deitar entre as tuas patas ferozes e me encolher pra descansar. Queria mesmo era estar junto, e não apenas sentir, mas também ser parte de ti.
Era uma certa consciência inconsciente desse adorar-sentir-desejar-você Leão em mim.
E fui te vendo, te aprendendo, te decorando, fui vivendo e deixando viver esse coisa boa que, mesmo Leão, acalma meu ser.
E assumo nesta carta, esse sentimento felino, que é estar apaixonada pelo Leão!!!




Dedico à todos que entendem o sentimento leão.

Amor à todos
Beijos na alma

17 de dez de 2009

Premio!!!






Amados leitores, esse blog recebeu com carinho e orgulho um selinho da amiga Marcia Oliveira do Blog Mil ideias www.maolideias.blogspot.com .
O selinho trata-se de compartilhar, e como diz a regra, preciso falar algo sobre o assunto...
Bem, o que sei sobre compartilhar é que isso quer dizer dividir com plenitude e de forma sublime.
Compartilhamos o que é bom; carinho, amor, risos, mil ideias, poesias, historias de vida, de alma e de sonhos.
Então cá estou, compartilhando com mais alguns blogs que valem mesmo a pena compartilhar!!!!! Cada um dos blogs linkados a baixo, são recheados de coisa boas de se compartilhar.
Entrem, vejam, leiam, dividam

http://www.finaflormonicamontone.com por Monica Montone
http://fenixcuringa.blogspot.com/ por Thais Stella
http://mamiferas.blogspot.com/ por mamíferas
http://bicho-solto.blogspot.com/ por Renata
www.thaisnieri.blogspot.com/ por Thais Nieri

Esse selinho vem com algumas regras, vamos lá:

1-Copiar o selinho para seu blog.

2-Deixar um comentário no Blog do amigo que te indicou.

3-Linkar o blog amigo que te indicou.

4-Indicar para outros Blogs que você acha que compartilhar tudo com todos.

5-Deixar uma mensagem explicando o que é compartilhar


Amor à todos
Beijos na alma.

PS: Em tempo, é preciso dizer que o Alma Nua, recebeu sua 4º indicação ao top 100.
Feliz e orgulhosa, só tenho a dizer muito obrigada a todos vocês que passam por aqui, e a todos vocês que fazem parte disso aqui.

PS: Os links não saem, e eu nao sei porque... mas cada blog esta linkado na listagem de blogs!

11 de dez de 2009

Atualizando...



Sentimentos...
Alma...
Pensamentos...
Blog...
Vida!!!

Ok, demorei outra vez. São os acontecimentos e mais acontecimentos...

Mas, ando por aí observando e ando por aí vivendo e vivendo, eu aconteço por aí!
Tenho observado o ser humano com mais atenção e com mais curiosidade.
Afinal é mesmo curioso como é o "bicho-gente"... Se fere, regozija-se; se ferido ataca, se fere e é esquecido, ironiza... Talvez seja a forma comum á todos de lidar com a dor.
Algumas vezes me aborreço, em outras me espanto e em outras me compadeço.
Nos últimos dias algumas observações ficaram mais evidentes, afinal a vida cíclica acaba nos levando a pontos ainda não finalizados.
Estranhei quando me disseram uma serie de palavras... mas entendi que era pra dizer a si mesmo aquilo no qual devia crer. O ser humano me espanta. Embora as palavras me fossem repetidas com fervor, não eram pra que eu as ouvisse; mas, sim, para convencer o próprio coração. Admito: Me compadeci!
Depois percebi que algumas vezes manter "janelas", na eminencia de uma grande escuridão, é uma forma de manter-se com vida (??). Observei que há (trancada no silêncio da alma) a saudade de se saber em total compreensão. Quase necessidade de se sentir desvendar sem dizer uma palavra. Confesso: Me espanto!
E por fim, observei o riso quase ironico, frases soltas, dúbias, recheadas da dor de talvez ter errado a escolha... ter se despedido antes da hora. Informo: me aborreço!
Mas o ser humano é um campo vasto e com ele aprendo dia a dia o que não quero ser!
Assumo que, por vezes, não posso dizer qual a minha escolha, não posso dizer (com certeza) o que quero de futuro, além de um belo luar.
Mas posso afirmar, convictamente, o que NÃO quero!!!
Mas, acima de tudo, observei tentativas de acertar, coragem de superar limites e romper promessas pessoais, aproveitando as chances de felicidade.
Abrir espaço na alma, na mente e no coração é, por vezes, assustador. Especialmente se essa alma, mente e coração já estão surrados pela vida...
Mas é como sempre digo: Ser infeliz é bem fácil. Bom mesmo é ter coragem para ir além de todos os medos e buscar possibilidades.
De futuro pouco se sabe. O que podemos saber com certeza, é que para ter um amanhã feliz, precisamos começar a construi-lo no hoje.
Eu, por minha vez, ando em boa fase.
É, amados, estou mesmo feliz!
Sempre fui de agradecer tudo o que me é ofertado pelos bons ventos Divinos.
Portanto ando agradecendo: Os sorrisos singelos e as gargalhadas, os olhares tímidos e as frases desbocadas, as chances e as possibilidades, as incertezas e a coragem, as tentativas e os atrativos.
Agradeço as perguntas e as resposta.

Prometo atualizar mais vezes.

Amor à todos
Beijos na alma

PS: Desta feita, não pus musica ( não que não tenha a minha preferida para esse momento), mas acho digno que cada um escolha sua própria trilha sonora, quando a compreensão desde texto chegar ao coração!