Translate

27 de ago de 2008

Noite nostálgica, Desejo: Tomara que a vida seja ciclica...


Saudades dos tempos de infância, quando fugir do mundo significava ficar em baixo da mesa sob a toalha... quando ficar invisivel, significava apenas fechar os olhos...
Saudades de quando ter meu mundo à parte representava um lençol estendido no beliche... e lá reinava a paz absoluta.
Nessa época o máximo dos meus problemas era decidir que nome dar às minha bonecas.
E eu queria tanto crescer...
Queria meus filhos de verdade, queria uma casa de verdade para cuidar, trabalho para me ocupar, sentia que assim teria vida de verdade.
Aí um dia ela chegou...
E agora oque sinto?
Saudades da minha cabana de lençol com minhas bonecas de pano dentro dela, e saudades da vontade que eu tinha de crescer.
Me dizem que a vida é ciclica... Quero então retornar ao momento onde o grande amor da minha vida era o Rick Martin, onde o homem perfeito e super herói mais forte era o meu pai ( eu jurava que ele voava!).
Quero retornar ao momento onde a mulher mais linda do mundo era minha mãe, e onde eu ganhava balas de dadinho no final da tarde.
Quero voltar à fase onde era proibido dormir depois das 21hs e assistir comando da madrugada era igual a pedir um mês de castigo.
Quero voltar à época de jogar nos campeonatos de atari ( é sou dessa época mesmo!), e brincar de queimada na rua, mesmo que isso representasse hematomas doloridos por semanas.
Nessa época o melhor sapato era o tênis bamba ou conga, hoje uso Scarpin...
Nessa época estar bem arrumada significava um rabo de cavalo ou trança e brincos de pedrinha azul. Hoje me perco em escovas e chapinhas e as argolas só de tamanho médio...
É a vida de gente grande que eu sonhava quando era gente pequena. O engraçado é que hoje, de fato, eu queria era me esconder no guarda roupa e falar de sonhos, cantar musicas da Jem e as Hologramas com a escova de cabelo na mão, porque era o melhor microfone da casa...
Hoje só quero aquela sensação de alegria e realização infantil...

Hoje, apenas hoje...



Beijos na alma.




2 comentários:

Rai disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
FINA FLOR disse...

querida, acho que andaram copiando seu texto por aí, pois já li esse texto em algum lugar =/

e siiiiiiiiim, os microfones da infância eram os melhores....

beijos, querida e obrigada pela visita gentil

MM.