Translate

5 de fev de 2009

Momento presente


Entre noites isones, entre lágrimas de saudades, tristeza, raiva e amor. Recomeço
Ja fui brasa, ja fui fogo, ja fui cinza. Renasço.
Mulher- Fenix!!! Porque não ter opção é a melhor escolha. Estremeço.
O passado é passado, passou, doeu mas acabou. Esqueço!

Eu,
prisioneiro meu
descobri no breu
uma constelação
Céus,
conheci os céus
pelos olhos seus
Véu de contemplação
Deus,
condenado eu fui
a forjar o amor
no aço do rancor
e a transpor as leis
mesquinhas dos mortais
Vou
entre a redenção
e o esplendor
de por você viver
Sim,
quis sair de mim
esquecer quem sou
e respirar por ti
e assim transpor as leis
mesquinhas dos mortais
Agoniza virgem Fênix
(O amor)
entre cinzas, arco-íris e esplendor
por viver às juras de satisfazer
o ego mortal
Coisa pequenina,
centelha divina,
renasceu das cinzas
Onde foi ruína
pássaro ferido
hoje é paraíso
Luz da minha vida,
pedra de alquimia
Tudo o que eu queria
Renascer das cinzas
Quando o frio vem
nos aquecer o coração
Quando a noite faz nascer
a luz da escuridão
e a dor revela a mais
esplêndida emoção
O amor

Fênix (Flávio Venturini e Jorge Vercilo)


Quem puder compreender, que o faça...

Amor a todos

Beijos na alma




2 comentários:

Nathalya disse...

Caramba, mas esse blog ta ficando muito chique mesmo.
Amei a seleçao de musicas, posso entender bem cada uma delas e oque dizem de você, e dos outros também.
Ando amando cada vez mais dar uma passeada por aqui.
Esse ultimo post, esta fantástico! Simples e Objetivo. Quem perde nunca, nunca é você, minha querida! Quem perde é sempre o anjo que não ouve suas preces...
Amor eterno a esta eterna fenix que é você.

Beijos

Shanne disse...

Oi menina do meu coração.
Mulher-fenix, oque passou deixa mesmo passar, use o band-aid.
Concordando com a Nathy, quem perde, é quem é besta o bastante pra te deixar escapar.
Superar e renascer das cinzas é a sua maior habilidade.
Rapte-me camaleoa?...rsrsrs
Bjkas