Translate

8 de fev de 2009

Minha dolorida gratidão.


"Há quedas que provocam ascenções maiores" (Sheakespeare)


Depois de noites insones, dias chorosos, onde a dor sentida na alma era tão intensa que me sentia sufocar....
Um suspiro de alívio.
Depois de súplicas, ofensas e declarações feitas sozinha no silêncio do meu quarto, ou escritas com mãos trêmulas no meio da noite...
Um recuperar da autoestima.
Gastou-se.
Gastaram-se as duvidas, as certezas, os momentos, as palavras, a esperança.
E é chegada a hora de agradecer.
Agradecer ao poeta e a sua poesia, que impregnaram minha esperança, pelo silêncio absoluto.
Embora, eu implorasse uma palavra...
Agradecer ao anjo e ao demônio que habitavam minha mente em desespero, pela distância.
Embora, eu suplicasse por um sinal...
Agradecer ao sublime e ao efêmero, ao masculino e ao feminino, focados no meu coração atribulado, que mantiveram uma frieza inabalavel.
Embora, eu mendigasse um gesto...
Sim, obrigada!
Sem essa completa ausência, levaria mais tempo para gastar o que sentia.
Se ainda há tristeza? Assumo que há...
Mas, é por ter percebido a insesibilidade da poesia.
Se ainda há medo? Confesso que há...
Mas, é por ter percebido a soberba do que deveria ser divino.
Se ainda há lágrimas? Admito que há...
Mas, é por ter entendido a crueldade do que por vezes chamam de amor.
Enfim, gastou...

Como já disse: Passado é passado, passou. Doeu mas acabou. Esqueço!!


Amor à todos

Beijos na alma


Ps: Em tempo quero agradecer:
- Ao quarteto fantástico (SHane, Amanda, Nathy, Beatryce), pelo carinho, pelos coments, pela força, pela amizade.
- Ao 5º elemento (Sonia), por sua paciência ( de Jó...) e pelo carinho.
- Aos 3 mosqueteiros ( Andress, Iori e Matheus ), pelos abraços sinceros em meio as crises de choro, pelos chás antes de dormir e pelo amor (único e verdadeiramente) incondicional.
- E, minha melhor parte (Thais Stella), pelas conversas e desabafos no msn.

Obrigada!

8 comentários:

Beatryce disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Beatryce disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Beatryce disse...

Uepa, adorei meu nome aí.
Oh, minha querida,tu nem precisas agradecer, porque a gente nao ta fazendo nada demais.
Na verdade, acho é que o "quarteto fantástico", quem deve agradecer a chance de conhecer as Brumas de Avalon, através do olhar e das palavras da nossa bruxa mais amada!
Querida, fico feliz que esse sentimento dolorido tenha se "gastado". Agora é hora de um novo momento, e ainda estaremos por aqui, te apoiando, te admirando e te amando para sempre.
Milhares de beijos carinhosos pra ti.

Beatryce disse...

Ah, ainda faltou dizer que tu ta escrevendo bem pra cacete. Este teu estilo surpreende e contamina.
Acho que tu podes pensar em um livro... Tem todo apoio da leitora aqui.
Bjs

Amanda disse...

OLHA AÍ! SOU PARTE DO QUARTETO FANTASTICO. ADOREI A DEFINIÇÃO!!
QUERIDA TE AMAMOS MUITOS E SÓ QUEREMOS SUA FELICIDADE. ADOREI VER QUE GASTOU O SOFRIMENTO, ASSIM ACABA.
ENTÃO, ESTA "DE VOLTA PRA SUA VIDA"?? RSRSRSRSRS
BJ

Nathalya disse...

Olha, fui citada. Que honra!!!
Graças a parte, eu é que agradeço por tê-la conhecido.
Você é luz pura no caminho de quem te conhece.
Só posso lamentar por quem não sabe da alegria de conquista-la...E parabenizar quem sabe!!
Como todas, estou feliz por ter passado a dor maior, agora ( e sei bem, porque te conheço), vem aquela mudança bomba que faz o mundo tremer, que faz as cabeças girarem, e você sempre soberana e elegante de doer dando a volta por cima.
Te admiro muiiiiiiito!!
Beijos

Shanne disse...

Oi. Que bom receber essa homenagem de vc, Camaleoa.
Aliás, que prazer é sentir q vc ta recuperando essa parte , q a gente ama tanto, e q é justamente a capacidade de ligar o "foda-se".
Te amo mto, gata, e falo por todos nós, com certeza, que vc é pedra rara, tesouro precioso.
Me conta aí... Seja lá quem foi, não conviveu contigo né? senao nunca mais ia conseguir ficar longe... rsss
To morrendo de sddes, a gnt podia marcar um almoço. topa?
Bjkas

Sonia disse...

O passado pode ser um antídoto para as dores do presente, mas, não faça do seu presente um paliativo para esquecer dores passadas!
Beijo nessa alma ainda despida!