Translate

1 de jul de 2009

De novo, outra vez e novamente....




 Peninha - Uma brincadeira


Não sei explicar...
Mas de uma forma absurda, sempre e inevitavelmente, quando tudo parece (por fim) encaixado, vem a vida e da uma rasteira na gente.
Hoje passo a passo subi a ladeira, a mesma que tantas vezes me levou à momentos de alegria... Hoje subi para elevar minha dor.
Andei devagar, bem devagar, por que a cada passo, mais perto eu ficava de uma grande e dolorida solidão...
É inexplicável.
Tudo de uma hora pra outra ruindo, de novo... Essa coisa de vida cíclica é, por vezes, ferina à alma.
Enfim, circulei apenas para dizer que hoje sou dor e tristeza.
Que a mente não compreende, o coração não aceita, o corpo não admite.
Fico pensando como a vida esta sempre em uma eterna síndrome de borderline... Extremista em nos trazer amor e dor, felicidade e saudade, intensidade e solidão.
Me assusta!
Já me perguntei, um milhão de vezes se eu sou um problema??? Não sei.
As vezes somos além do que achamos, somos menos do que esperamos e nunca oque desejamos...
Mas sou inteira, sou intensa, sou de verdade.
Hoje, meus caros, desabafo meus sentimentos, porque a tristeza está em mim, mas que minha própria alma.
Hoje, faço com a canção acima, uma singela homenagem á um grande amor. Iniciado meio de brincadeira, finalizado meio sem explicação.
Hoje, sou a cara da instabilidade o corpo da angustia e a alma da solidão.
Outra fase.
Outra metade de algo mais, que já não sei explicar.
Não sei se digo "obrigada", se digo "Adeus", se digo "volta", se digo "vai".
Talvez seja "de novo", o momento de silenciar.
Hoje sou, também, fera ferida. E "como fere e faz barulho um bicho que se machucou..."
Me recolho novamente ao calor da minha toca, assim ninguém me toca e não se fere com o meu sentir.


Amor à todos
Beijos na alma.

4 comentários:

Anônimo disse...

MINHA QUERIDA... OQ DIZER????
A VIDA ACONTECE PRA GENTE. NÃO SEI SE É MAIS DIFICIL QUANDO É VIDA OU QUANDO É MORTE... MAS A PERDA É SEMPRE DOLORIDA. NÃO ENTENDI BEM OQUE HOUVE, MAS TENHA CERTEZA, VC É O PRÊMIO. PERDE DE VERDADE, QUEM ABRE MÃO DE VC.
CHORE OQUE TIVER QUE CHORAR E CONTINUE. SUAS PALAVRAS ME SÃO NECESSÁRIAS PARA A ALMA.

SDS

AMANDA MANCINI

Thais disse...

Querida...
Tô aqui, se precisar de um colo, vem tomar um chocolate quente comigo...
Te amo muito, por mais tempo que se passe, viu?

Anônimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Anônimo disse...

Provavelmente o problema seja esse anjo que tanto fala... esse demônio que apenas voce conhece... Saiba que a dor não é só sua... tudo de forma diferente, mas sempre dor... quem dera eu pudesse fazer a dor parar...a tristeza cessar... o consolo é que o fim do ano está próximo...
se cuida...