Translate

28 de jul de 2009

Luxury




 Isabella Taviani - Luxuria



Acordei, hoje, ardendo.
O corpo em brasa, o coração sôfrego, o peito ofegante...
Uma ânsia latente, no corpo e na alma.
Meu corpo inteiro era um gemido úmido de desejo.
Coxas comprimidas... sexo latejante... mãos que se acariciam e imploram...
Lembranças.
O corpo fala, e o meu grita as tuas marcas nele...
Incubus!



Amor á todos
Beijos na alma

Um comentário:

Anônimo disse...

liberdade... em breve a liberdade.... mas por equanto apenas o medo...