Translate

29 de jul de 2008

Enfim só...


Depois de muitos, muitos anos na minha vida essa é a primeira noite em que fico completamente sozinha... ( Sem contar a Monalisa que insiste em ronronar e se enroscar nas minhas pernas...) Se houve outra vez foi há tanto tempo que nem me lembro...
Havia esquecido essa deliciosa sensação de silêncio... as coisas todas em seus devidos lugares... comer qualquer coisa, ver (e enfim ouvir) a TV... Como é bom tudo isso...
As vezes me sinto privada de tantos momentos só para mim... é quase uma castração da minha individualidade, mas é também o preço pelas minhas escolhas.
Hoje, porém me dei ao luxo de abrir uma garrafa de vinho, comer queijo e ver TV, ver qualquer coisa... aproveitar esse momento de silêncio, aproveitar essa possibilidade de pensar e ouvir meu pensamento. Tenho estado cansada de conciliar o mundo.
Tem uma amiga que sempre diz que quem me quiser precisa entender que eu não sou uma apenas... sou no minino 10!!

Por vezes me sinto tão cansada de ser tantas...

As vezes só quero um carinho no cabelo e um beijo suave. Quero um abraço que faça o mundo silenciar e a certeza de que vale à pena ser tão guerreira. A gente machuca tanta gente e é tão machucada que se esquece que o tempo cura as dores, mas é preciso repouso.

Hoje estou pensando e aproveitando meu tempo, tão raro... tão caro... tão necessário...
Hoje meu espírito só pede silêncio!!!!


Beijos na alma!!!

Nenhum comentário: