Translate

28 de dez de 2010

Para você!! Declaro abertamente...



Quando olhei pra você, eu pensei "É um sonho!"
Me lembro do sorriso, do olhar tímido, da curva no queixo, das mãos que pareciam em excesso...
Mas eu precisava de um sonho. Todo o resto ia tão mal, eu caia em um dos mais profundos abismos de mim mesma.
Naquele momento o mundo inteiro parecia um sonho, e devagar o medo foi se transmutando em plenitude e esperança.
Sei que você tem duvidas, as mesmas que eu tenho! Sei dos seus medos, e do que aflige seu coração...
Vai levar um certo tempo, ainda, para que tudo ocupe somente seu devido lugar.
Quando falamos em sentimentos e emoções, falamos em paciência e em cuidado.
Fica mais fácil  quando há com quem contar. E estou aqui!!
Na vida, meu bem, a gente vive brigando para não provar nada para ninguém. Mas a verdade é que precisamos, como todo mundo, provar o que podemos ser e/ou fazer.
E muitas vezes ( e essas são as mais difíceis...), precisamos provar isso para nós mesmos.
É indizível os bons amigos que perdemos no caminho, as noites em claro, as feridas causadas e recebidas...
É uma condição de se viver.
E é aí que sentimos a necessidade do outro alguém.
Foi nesse ponto, que você entrou na minha vida!

A vida não tem roteiros, mas tece redes... e é nesse emaranhado que a gente se perde de vez em quando...
É nesse instante em que descobrimos a sutil diferença entre viver e deixar a vida passar.

Que bom ter encontrado você no meu jardim, feito bichinho assustado. Que bom cuidar de você assim. E que bom ter sido cuidada com essa sinceridade.
É nesse ponto que descobrimos, a importância de sentar-se em silêncio, lado a lado e acalentar com um beijo suave!
Tenho tanto a dizer...
Mas se puder ouça a musica do meu coração, ela foi feita para você!
De todas as palavras já ditas, talvez esse silêncio seja a maior de todas as minhas declarações.
Se estou zangada? Não, não estou!
Se há algo errado? Não não há.
O que há e saudades, e com essa distância física, há mais certezas de tudo que já foi dito.
Outro dia precisei confessar sentimentos aos anjos, em preces, sentimentos tão meus que doía guarda-los, e assim sentindo a ironia dos que não me ouviam, uma outra parte de mim acordou para si e para o mundo.
Essa parte é onde cabe tudo o que eu sinto por você, é onde esta a intensidade, a verdade, o anseio e o amor.
Essa parte te sabe em mim, agora basta te reencontrar, e me encontrar outra vez em você...

Saudades.

Amor à todos
Beijos na alma

2 comentários:

Anônimo disse...

Adorei!!!!
Vc é sempre fonte, inesgotável, de carinho.

Saudade
Te amo pra sempre

Sheine

Anônimo disse...

SE me escrever assim eu caso!!

Saudade de poetizr os pensamentos ao teu lado.

Luiggi