Translate

11 de abr de 2009

Desabafo...



Ney Matogrosso - Um Pouco de Calor


Essa noite não consigo dormir...

Sinto meu coração pesaroso entristecido. Não consigo acalenta-lo, não consigo dizê-lo tranquilo. Na verdade todo meu corpo se agita, me intranquiliza por completo. Minha alma esta saudosa de um sei que lá, que não posso definir.
Por vezes, me sinto distante da humanidade. Correndo em círculos por uma série de dimensões que nada possuem de mim ou de outro sequer.
E tenho medo. Um medo tão nefasto, pavor.
Medo de errar, medo de acertar, medo de ferir, medo da minha própria ferida.
Queria gritar ao mundo minha angústia desta outra noite em claro, mas sequer consigo traduzir em meras palavras essa desalinho de pensamentos e de sentimentos que me ferem a carne, assim como me ferem o espírito.
Estou só, terrivelmente, imensamente só.
E mesmo sabendo que você está aí, ainda assim estou só.
Minha transitoriedade de sentimentos e pensamentos vai me cortando em mil pedaços tão menores, tão ínfimos que acho que jamais conseguirei me unir novamente.
Mente turva,,, Alma enegrecida.
Vago em desespero por minhas duvidas... Não há repostas nem em mim, nem para mim. Somente mais silêncio.
Mais silêncio do que minha sanidade necessidade, mais silêncio do que as duvidas me causam, mais silêncio do que meus ouvidos podem suportar.
Uma noite de duvidas e sentimentos lancinantes...
Cerro os olhos numa tentativa desesperada de adormecer. Meu único desejo, nesse instante, é ver raiar o dia...


Amor á todos

Beijos na alma

Um comentário:

Anônimo disse...

Voltei pra dar uma olhada no blog... sempre passo por aki pra chekar as novidades.
Espero q vc esteja se sentindo 1 pouco melhor e q consiga, nao somente quantidade, mas qualidade de sono tb.
Saudade.
Bj