Translate

2 de nov de 2008

E tem dias...


E tem dias em que o sentir fica lá, dentro da gente quietinho, e nesses dias sobreviver fica mais fácil. Mas aí, assim de repente, esse mesmo sentir, fica grande e se torna tão intenso que nega-lo é impossível. Aí dói, e dói muito...
Eu queria saber explicar sentimentos. Queria poder explicar porque a gente ama ou não ama uma pessoa, porque esquece de alguns e de outros nunca... Somos tão complexos, e tão infinitamente apaixonantes.
Hoje eu acordei sensível. É um daqueles dias doloridos onde a saudades bate na alma, machuca a gente. Hoje eu estava disposta a não falar... mas dentro de mim esse sentir inexplicável grita sua tradução.
Posso imaginar meus dias sem café, mas não posso imaginar meus dias sem você...
Posso imaginar viver no alaska, viver sem sol, mas não posso imaginar viver sem o seu sorriso, sem o seu calor...
Algumas coisas são mesmo dificeis de explicar.
Saudades e coisas que vivi, saudades de coisas que não vivi.

Hoje elevo um brinde a nostalgia!



Beijos na alma



Um comentário:

Nieri disse...

Mãe...
Você estando triste ou alegre...deprimiida ou em extase.
Estarei sempre ao teu lado.
Para te consolar, como vc ja fez mtas vezes comigo...ou ainda para segurar a tua mão e bater palmas a tua felicidade.
Nunca esqueça disto.
Te amooooo mto.

Bjokas...

Thais Nieri.