Translate

7 de out de 2008

Do riso fez-se o pranto... e dele a felicidade...


Então tudo na vida é assim... a vida é assim... altos e baixos, perdas e ganhos, feridas e curas.
Hoje pensei no significado da felicidade. Me lembrei de várias frases que definem esse sentimento tão desejado, e uma em especial me veio a mente:


" A felicidade é a hamonia entre a pessoa e a vida que ela leva" ( Albert Camus).


Pensei em mim... pensei nos últimos tempos quando tudo ficou perdido e bagunçado dentro de mim, e pensei nas noites insones (como esta) em que me ponho a chorar... Choro meus medos, minhas magoas, minhas desilusões e minha solidão... E descobri que sempre fui feliz!!
Mesmo nas noites em claro, quando as lágrimas de saudade me arrassam, mesmo nas contas a pagar, mesmo nas dores e nos momentos de intensa solidão... estou em harmonia, e portanto feliz.
Algumas escolhas são dificeis e nos fazem doer o coração...
Algumas escolhas nos levam embora as pessoas que amamos...
Algumas escolhas nos deixam perdidos...
Mas aprendi que essas escolhas vem do nosso coração, e se isso nos deixa em harmonia com nossas vidas, estamos felizes.
Mesmo que a felicidade seja dolorida, ela é nossa e jamais poderá ser roubada.
Hoje escrevo com uma pontinha de dor na alma, afinal a certeza de ter sido de verdade me causa a certeza de ter me feito um pouco mais só... Mas seguir meu coração sempre foi uma necessidade, e às vezes essa necessecidade é ainda mais intensa... Não posso mentir pra mim mesmo, mesmo que isso me cause certa dor...
Mesmo assim, mesmo sentido esse vazio, esse doloridinho na alma, mesmo assim não me queixo.
Preciso ser feliz, e dentro do que chamo felicidade está a obrigação de ser sincera e verdadeira com tudo o que eu sinto. De novo ( mesmo quando não pareçe) estou em harmonia com a minha vida!
Não me permito mais ser infeliz!!!




Sejam felizes, esse é meu conselho!!



Beijos na alma.

Nenhum comentário: