Translate

19 de jun de 2008

E outro dia...

Puxa, nada como o dia após o outro...
Rever bons e velhos amigos, ouvir "aquela" musica 100 vezes, ver aquele filme que só a gente sabe porque parece com a gente... enfim tempo pra si próprio. Fazia tanto tempo que eu não ficava um pouquinho comigo mesma que já tinha esquecido como era bom.
Agora estou numa fase mais comigo mesmo. Fui ver uma velha amiga uns dias atrás... pena que o tempo foi pouco. Fui visitar uma exposição ( aliás, para quem esta em sampa, fica ali no Market Place, é gratuita, e muito interessante!!), fiquei horas numa livraria sentindo o cheirinho de livro e fuçando todas as novidades... ( higienização mental), e depois dormi muuuuuiiiiiiiiitttttttooooooo, e quando acordei fiquei horas comigo, me mimando, me cuidando, me amando.
Nossa como foi boa essa semana!!!!!
Me sinto renovada, a vida começando a entrar nos eixos, as liçoes dadas tão duramente, começam a fazer seu papel de serem aprendidas.
Devagar as coisas vão se encaixando...
Ainda sinto saudades e isso é um fato, mas ha muitos outros fatos que também tem sua relevancia.
Vou deixar uma musiquinha aí em baixo, que tem a ver com a minha fase atual!


O Que É, O Que É ?
Gonzaguinha

Eu fico
Com a pureza
Da resposta das crianças
É a vida, é bonita
E é bonita...
Viver!
E não ter a vergonha
De ser feliz
Cantar e cantar e cantar
A beleza de ser
Um eterno aprendiz...
Ah meu Deus!
Eu sei, eu sei
Que a vida devia ser
Bem melhor e será
Mas isso não impede
Que eu repita
É bonita, é bonita
E é bonita...
E a vida!
E a vida o que é?
lá, meu irmão
Ela é a batida
De um coração
Ela é uma doce ilusão
Hê! Hô!...
Mas e a vida
Ela é maravida
Ou é sofrimento?
Ela é alegria
Ou lamento?
O que é? O que é?
Meu irmão...
Há quem fale
Que a vida da gente
É um nada no mundo
É uma gota é um tempo
Que nem dá um segundo...
Há quem fale
Que é um divino
Mistério profundo
É o sopro do criador
Numa atitude repleta de amor...
Você diz que é luxo e prazer
Ele diz que a vida e viver
Ela diz que melhor é morrer
Pois amada não é
E o verbo é sofrer...
Eu só sei que confio na moça
E na moça eu ponho a força da fé
Somos nós que fazemos a vida
Como der ou puder ou quiser...
Sempre desejada
Por mais que esteja errada
Ninguém quer a morte
Só saúde e sorte...
E a pergunta roda
E a cabeça agita
Eu fico com a pureza
Da resposta das crianças
É a vida, é bonita
E é bonita...
Viver!
E não ter a vergonha
De ser feliz
Cantar e cantar e cantar
A beleza de ser
Um eterno aprendiz...
Ah meu Deus!
Eu sei, eu sei
Que a vida devia
melhor e será
Mas isso não impede
Que eu
bonita, é bonita
E é bonita...

Nenhum comentário: