Translate

20 de nov de 2010

Longe demais de tudo.




Raros, mil desculpas pelo sumiço.
Muitas coisas andam acontecendo, e acontecendo.
Trabalho novo, aprendendo, amigos velhos, decepcionando, amigos novos alegrando, mamãe se tratando..
Aprendendo, construindo, correndo atrás, vivendo, continuando...
Nossa, uma loucura total!!
Muitas mudanças, dentro, fora e á minha volta... Um tufão!
É o eterno aprendizado que a vida é.
E nessas andanças e "aconteceres", permaneço a observar. e me certifico, com certa tristeza, admito. Que o ser humano fascina tanto quanto decepciona...
Deprime!
Mas as decepções acarretam no fantástico milagre da transformação que há em nós, que somos nós.
A singela lei da compensação...
A vida apressou seu passo novamente, e como vocês bem sabem, ou corremos para acompanhar, ou somos atropelados e deixados pra trás.
Me recuso a a fazer parte da segunda opção.
Então em um dia, onde tudo estava terrível de ser vivido, mas eu (sempre) com esperança; ouvi de uma amiga que sou uma aberração!
É... tenho tatuagens! gosto delas! uso piercing. E minha aparência faz parte da minha essência.
Nunca deixei de ser eu, de batalhar minhas coisas, nunca me encostei, nem deixei a vida passar sem mim, nunca fui fingida nem prometi mais do que eu podia. Errei sim, muito... acertei também! Muito!!
E é isso que sou!
Fiquei triste ao saber que era vista dessa forma, fiquei magoada. Mas meu tempo é outro, minha vida urge, portanto, enquanto uma mão tenta me arrastar pra baixo, outros tantos pares me elevam. Devo sugerir que minha aparência "aberradora", não incomodam os que me amam.
Mas foi inevitável não ficar triste.
E sim, disse que era um conceito ultrapassado, minha resposta foi "conceito religioso".
Me calei! No meu conceito, religião não se discute, se pratica, e julgar é incorreto!
Ainda assim, consegui o novo emprego, me diverti com os amigos, ri com alegria das piadas, recebi com carinho e gratidão seus elogios.
o ser humano, ja disse,  é como é... Somos limitados.
Eu também sou! tenho meus limites.... é uma condição de ser humano.

Como sempre continuo minha vida, como quem faz uma singela oração.
Assim que o novo momento se ajeitar, volto a postar com maior regularidade.

Esse post, serve para agradecer ao ótimo fim de semana (passado) que me foi presenteado, com a aniversário de uma amiga, e homenagear, aqueles que estão sempre comigo..
Então vai para:
Raca Rachel, que sempre me elogia, mesmo quando não mereço!
Cat Cataldo, o exu que incorpora um cataldo e que amo demais.
Ao Zé Márcio, um dos homens mais lindos que já vi ( Chega, garro nervoso...rsrs)
Ao Anselmo, sempre parceiro!!

Especialmente:
Ao Leão, que transforma meus dias em dias inesquecíveis!
a Renata dos Anjos, minha maga malabares!!!


Amor à todos
Beijos na alma.

PS: Mamãe começou a quimioterapia, volto pra contar mais depois.

3 comentários:

Nira disse...

Errando e aprendendo... e assim a vida segue!

Meu Maior Projeto: Ser mãe disse...

Magestosa Mariah, não se importe com aqueles que dizem que vc é uma aberração, com certeza é uma pessoa que diz pra vc aquilo que reflete em seu espelho e então quer transferir.

Vc pode ser até uma aberração, mas com certeza não foi com o nome dessa pessoa que o talentoso Milton Nascimento escreveu:


Maria, Maria é um dom, uma certa magia
Uma força que nos alerta
Uma mulher que merece viver e amar
Como outra qualquer do planeta
Maria, Maria é o som, é a cor, é o suor
É a dose mais forte e lenta
De uma gente que ri quando deve chorar
E não vive apenas aguenta
Mas é preciso ter força, é preciso ter raça
É preciso ter gana sempre
Quem traz no corpo essa marca
Maria, Maria mistura a dor e a alegria
Mas é preciso ter manha, é preciso ter graça
É preciso ter sonho sempre

Quem traz na pele essa marca

Possui a estranha mania de ter fé na vida.

Amo sua sensibilidade, sua inteligência, sua forma de sorrir, seu carater, seu jeito único de ser Maria.

Bjos no coração.

PS: Uma pessoa pra ter coragem de dizer isso pra VC, com certeza nunca ouviu de ninguém o que eu quiz aqui.

Meu Maior Projeto: Ser mãe disse...

Oi Mah, acho que não me identifiquei no comentário anterior que fiz...agora tenho um blog tá rs...é a Ê rsrsrsrs