Translate

10 de set de 2009

Andanças por minha alma...






Nos últimos dias andei dedicando especial (e completa) atenção à mim mesma.
Como todos já sabem, meu processo de auto-avaliação começou há alguns dias com uma desilusão. E, nesse fim de semana culminou em novas ideias e novos ideais.
Engraçado como poucos dias fizeram uma transformação em mim...
É como se tudo houvesse se modificado de um modo que ainda não sei explicar, mas sei que é grande e significativo. E sei que é bom!
Em um piscar de olhos, vejo novas cores, novos ângulos, sinto de outra forma...
Em meu coração, acalmou-se o que era dor e saudade. Abrandou-se o que era um grande amor... Meu coração agora anseia, sim, por grandes paixões para pulsar. Deseja paixões pela vida!!
Em meus pensamentos, ideias e sonhos já esvaeceram, deram lugar ao novo.
O lugar é para novas metas, novos objetivos.
Meu espírito sentiu-se tão pleno e satisfeito que deixou sua leveza espalhar-se ao meu redor.
Recomeço!!!
E esse recomeço não veio sem dor, admito...
Antes dessa nova forma de ver, fui obrigada a encarar de frente, sem proteção, olhos nos olhos, meus sentimentos mais reais... Fui obrigada e exposta à dor mais forte que meu ser passional pode sentir. E suportei!
Então era, também, chegada a hora da reflexão.
De resgatar velhos amigos, antigos hábitos bons, renovar esperanças, abrir espaço para o novo.
Como diria Florbela Espanca, adapto sua frase:
"É conhecendo as pessoas, que perdou aos tigres as suas garras que me dilaceram..."

Ferida? Sim! Mas já em cicatrizes.
Nova fase, coração aberto, sorriso franco, alma nua!

Amor à todos.
Beijos na alma

Um comentário:

Anônimo disse...

Outro dia estava ouvindo essa mesma música e pensando em você. Achei que combinava. Rs rs rs.
Espero que as novas idéias e ideais sejam buscados com a paixão que você precisa para viver.
Estou ao lado. Se precisar estenda a mão, e eu te apoiarei. Se não precisar me de um sorriso, dos seus mais francos, e eu serei feliz.

Amo muito você.

Ana Estrela