Translate

18 de jun de 2009

Só isso...



 Vander Lee - Românticos



Então é assim que funciona.
O mundo gira, a fila anda, a catraca destrava, as coisas mudam...
Simplicidade é a palavra de ordem. Simplicidade para viver!
Apenas o coração permanece mudo, calado, sofrido e , ainda assim, esperançoso; pra não falar desesperado.
A lenda de Pandora diz que quando a caixa foi aberta, todos os sentimentos escaparam para o mundo. Menos a esperança, que permaneceu dentro da caixa.
E minha esperança agora grita em mim. Grita sua fúria, sua ânsia de curar os males que me corroem.
Estive avaliando meus "sentires"...
Sempre fui intensa. Mas me deixei levar, muitas vezes, por mágoas, impulsos, desilusões...
Fui imatura em tantos momentos.
Perdi minha essência em tantos outros.
E tanta coisa aconteceu...
Repenso muito os momentos em que perdi o eixo. Mas não posso dizer que me arrependo. Afinal, sem as lições desses instantes eu jamais seria o que sou hoje.
Descobri, vivendo por aí, que mágoas e ressentimentos causam mesmo o câncer.
Descobri que não falar de si próprio, um tantinho que seja, provoca intensa solidão e esquizofrenia.
Descobri que não ser sincero consigo mesmo causa perdas irreparáveis de auto-estima, segurança, amor próprio e amor alheio...
E isso resulta em profunda depressão.
Ah, Se eu pudesse corrigir tantos erros cometidos sem apagar o que aprendi com eles... Utopia.
Haveria, então, a tal simplicidade do viver.
Os grande amores seriam ternos (quem sabe?) eternos. Os amores completos completariam mente e alma.
Mas o tempo é o senhor do destino e, como diz a canção, " Para ser homem, é preciso ter a grandeza de um menino".
Portanto a esperança vive em mim e permanece mesmo quando a alma dói um pouco mais.
O lema deve ser:
"Viver e não ter a vergonha de ser feliz"
E assim, como terno e eterno aprendiz. Permaneço!!!


Amor à todos
Beijos na alma

Nenhum comentário: