Translate

2 de mai de 2009

Aos poucos...



Vanessa da Mata - amado


Ainda quieta...
Renovando.
Re-pensando.
Curando...
Dormindo um pouco.
Vejo o pôr do sol e o raiar do dia.
No escuro da noite derramo minhas lágrimas e troco os curativos da minha alma.

Volto em breve.


Amor à todos

Beijos na alma.

2 comentários:

Anônimo disse...

e o silência se faz, realmente, necessário... já parou pra pensar que as coisas passageiras, só o são, por causa do silêncio... um grande amor se foi por causa do silêncio...

Thais disse...

Tô esperando tá?
Muito amor!
Beijos